Blog Futebol Clube – esportes ao vivo, jogos de hoje, notícias do seu time

PALPITES, APOSTAS, PROGNÓSTICOS E ONDE ASSISTIR OS PRINCIPAIS JOGOS DE FUTEBOL DO BRASIL E DO MUNDO
Amor pelo Brasil: os 5 futebolistas estrangeiros que jogaram para a Seleção Nacional

O Brasil é conhecido como o país da alegria, do Carnaval e também do futebol. Vários jogadores que nasceram dentro do território nacional viraram estrelas internacionais em times de diferentes partes do mundo.

Alguns jogadores originários do Brasil chegaram a adotar outras nacionalidades para representar as equipes dos países nos quais desenvolveram suas carreiras. No entanto, existe o caso inverso: esportistas que nasceram no estrangeiro, mas decidiram se naturalizar como brasileiros para defender a nossa Seleção.

Se você é fanático do jogo bonito e gosta de assistir futebol ao vivo, não pode deixar de saber quais são os futebolistas que nasceram em outros países, mas vestiram a amarelinha com orgulho.

Os 5 jogadores estrangeiros que jogaram na Seleção Brasileira de futebol

O amor pelo Brasil não é exclusividade de quem nasceu dentro do território nacional. Confira a lista dos 5 estrangeiros que vestiram a camiseta brasileira.

Sidney Pullen – Reino Unido

O primeiro estrangeiro que utilizou a camiseta brasileira foi Sidney Pullen, nascido na Inglaterra em julho de 1895.

Filho de uma brasileira e um inglês, ele se instalou no Brasil junto com sua família e foi em nosso país onde desenvolveu sua carreira. Jogou como meio-campista nos times Flamengo, Fluminense e Paissandu RJ. Ele jogou na Seleção de 1916 a 1917, em 5 partidas sem marcar nenhum gol. Faleceu em 1950.

Casemiro do Amaral – Portugal

O segundo jogador estrangeiro a defender a camiseta amarelinha foi o goleiro português Casemiro do Amaral.

Durante sua carreira, passou por diferentes times como América-RJ, Corinthians e Mackenzie. Com a equipe nacional, Casemiro jogou em 6 oportunidades e recebeu 14 gols.

Francisco Police – Itália

Nascido na cidade italiana de Caserta em 1893, Francesco Police radicou-se no Brasil, onde jogou como meia nos times Corinthians, Botafogo e Palmeiras.

Police vestiu a camiseta brasileira no dia 27 de janeiro de 1918, quando a Seleção Nacional disputou uma partida contra o Uruguai.  Morreu em Sorocaba no ano de 1952.

Russo – Argentina

Seu nome completo era Adolpho Milman, mas todo mundo o conhecia como Russo. Originário da província argentina de Entre Rios, sua família se mudou para o município brasileiro de Pelotas, no Rio Grande do Sul, quando ele era uma criança.

Filho de imigrantes judeus ucranianos, Russo foi um dos maiores artilheiros da história do Fluminense, time no qual chegou a fazer 154 gols em 249 jogos, entre os anos 1933 e 1944.

Ele se naturalizou brasileiro e na Seleção nacional, disputou apenas uma partida em 1942. Faleceu em agosto de 1980.

Andreas Pereira – Bélgica

Filho de pais brasileiros, Andreas Hugo Hoelgebaum Pereira, é um futebolista nascido na Bélgica que joga como meio-campista e atualmente pertence ao time inglês Manchester United. Ele é o quinto estrangeiro que representou o Brasil.

Jogou nas categorias inferiores da Seleção Belga, mas com o tempo ele manifestou sua vontade de jogar pelo Brasil. Ele foi chamado em 2014 para disputar um torneio na China com a camiseta verde amarela e foi vice-campeão do Campeonato Mundial Sub-20 de 2015, marcando o gol da vitória brasileira na final contra a Sérvia.

Teve sua primeira oportunidade na Seleção Brasileira principal no ano de 2018.

 

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.

− 1 = 6